As diversas faces da perda: o luto para a psicanálise

Andressa Mayara Silva Souza, Suely Aires Pontes

Resumo


O presente estudo teve por objetivo caracterizar a produção sobre o tema luto na literatura psicanalítica atual, a partir de uma revisão bibliográfica constituída por artigos publicados nas bases de dados Scientific Electronic Library Online (SciELO) e Periódicos Eletrônicos em Psicologia (PePSIC), produzidos no período de 2005 a 2016. A seleção dos artigos foi feita por meio da palavra-chave “luto”, tendo a amostra compreendido 40 artigos de acordo com os critérios de inclusão e exclusão. A partir da leitura da amostra, os artigos foram categorizados nos seguintes eixos temáticos: Modos de elaboração do luto, Luto e outros conceitos da Psicanálise, e Luto em grupos. Como resultado da análise realizada, reconheceu-se a diversidade de perspectivas dos trabalhos que tratam do luto. Nos modos de elaboração do luto, a literatura apresentou vivências de perda de pais, filhos, elaboração de perdas por amputamento e desenraizamento identitário,  bem como a discussão sobre luto em grupos. Foi possível observar a articulação do luto com os seguintes conceitos: lembrança, amor, apego, melancolia, depressão, sublimação, final de análise, desejo e identificação. Cabe salientar a importância de realização de estudos futuros que possam investir em reflexões acerca do luto, uma vez que as considerações trazidas por novos estudos podem ter implicações para a prática psicanalítica, o que favorece a problematização das relações existentes entre teoria e clínica.

Palavras-chave: Luto; Psicanálise; Revisão bibliográfica.


Texto completo:

PDF