Discussão sobre a inexorabilidade da compulsão à repetição

Ana Flávia Cicero Conde, Paulo José da Costa

Resumo


Este artigo objetiva discutir as possíveis explicações para a inexorabilidade da compulsão à repetição por meio da análise de quatro fatores: a fragilidade do ego, a fixação no recalcamento, o nível de excessividade do estímulo causador do trauma psíquico e a relação com as pulsões. Concluiu-se que ambos os fatores podem influenciar a inexorabilidade de tal compulsão. Além disso, foi realizado uma reflexão acerca da clínica psicanalítica poder ser compreendida como uma via para lidar com este mecanismo psíquico e com o que dele decorre.


Palavras-chave


Compulsão à repetição; pulsão; ego; trauma psíquico; clínica psicanalítica.

Texto completo:

PDF