Tristão de Athayde: O conceito tomasiano de sindérese na fundamentação dos direitos humanos

José Luiz de Oliveira

Resumo


Resumo: O tomismo é um pensamento teológico e filosófico de muita complexidade. Na segunda metade do século XIX, o tomismo foi retomado oficialmente pelo Papa Leão XIII, admitindo novos contornos na forma de neotomismo. Nesse sentido, teve destaque por meio do trabalho de alguns dos
herdeiros de seu pensamento, a exemplo de Jacques Maritain. No Brasil, influenciou a atuação intelectual de Alceu Amoroso Lima – o Tristão de Athayde. O nosso trabalho busca tratar acerca de algum elemento crucial da obra tomista que se aproxima estreitamente do pensamento de Tristão de Athayde. Nossa tarefa consiste em enfatizar o que teria levado o pensador brasileiro a fundamentar o tema dos Direitos Humanos utilizando-se do conceito tomista de sindérese. Tristão de Athayde apontanos a necessidade de haver a composição entre direitos sociais e direitos individuais. O nosso objetivo principal é explicitar em que medida o neotomismo ou o conceito jurídico tomasiano de Tristão de
Athayde tem na sindérese o elo que faltava para justificar a necessária composição entre direitos individuais e sociais.


Palavras-chave: Direitos Humanos; Neotomismo; Sindérese.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.