O pensamento jurídico de Cabral de Moncada; a estação, esse local de partidas e chegadas misturadas, paradas

Bernardo Gomes Barbosa Nogueira

Resumo


Resumo: O presente trabalho pretende um diálogo com uma das faces do jurista português Luís Cabral de Moncada, precisamente sua ideia de direito natural de conteúdo variável. Diálogo que se abre a partir do contato com a literatura aqui representada pela obra de Oscar Wilde, O retrato de Dorian Gray. O diálogo iniciado por esses pensadores acaba por desembocar em uma teoria mais
complexa dos dias contemporâneos que é a própria relação inseparável do direito com a literatura.


Palavras-chave: Luís Cabral de Moncada; Direito; Literatura; Oscar Wilde; Dorian Gray.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.