Percepção dos estudantes de graduação em enfermagem sobre o trabalho do enfermeiro

Ana Maria Machado Borges, Rosanny Souza Brito, Samara Naiana Ferreira das Chagas

Resumo


Objetivo: identificar a percepção que os estudantes de enfermagem possuem acerca do trabalho do enfermeiro. Metodologia: pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa, realizada em uma instituição de ensino superior, durante o mês de novembro de 2014. Participaram do estudo 33 alunos de um curso de graduação em enfermagem. A estratégia adotada para obtenção dos dados foi a entrevista semi-estruturada. Os dados foram analisados através da análise de conteúdo. O projeto passou pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade Leão Sampaio com Protocolo de Aprovação CAAE 30960413.4.0000.5048. Resultados: evidenciou-se que há prevalência de adultos jovens do sexo feminino. As falas dos estudantes permitiu a organização dos dados em três categorias temáticas, sendo elas “Identificação com a profissão”, “Características humanitárias” e “Funções assistenciais e gerenciais”. Eles relacionam o trabalho do enfermeiro como uma atividade voltada para o cuidado; associam a imagem do profissional como uma pessoa dedicada, com o papel de fundamental responsabilidade na recuperação e reabilitação do paciente, utilizando-se da humanização e dedicação. Considerações finais: a análise das descrições revelou que os estudantes percebem a enfermagem como uma profissão que requer carinho e amor ao próximo. Visualizam o trabalho do enfermeiro como um profissional de importância na assistência e que existe uma grande apreensão dos acadêmicos, quando se trata das perspectivas à profissão. Pois, acreditam que não estão preparados para atuarem. Outro fator percebido por eles é que o trabalho é amplo e envolve múltiplas dimensões.


Palavras-chave


Educação em Enfermagem; Programas de graduação em enfermagem; Estudantes de Enfermagem; Papel do profissional de enfermagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v6i3.1118

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175