Aspectos sociais dos pacientes com úlcera de perna na doença falciforme: revisão integrativa

Grace Kelly Portes Bragion, Cristiane Marinho da Silva Costa, Edinéia de Castro Viana, Nathália Faria de Freitas

Resumo


Objetivo: identificar à luz da literatura como o aspecto social interfere na vida do paciente com úlcera de perna proveniente da Doença Falciforme (DF). Método: trata-se de uma revisão integrativa, baseada nas fontes de dados U.S. National Library of Medicine - NCBI (PUBMED), Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Literatura Latino-americana em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Electronic Library Online (SCIELO), Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE) e Base de Dados em Enfermagem (BDENF), no período de agosto de 2015 a junho de 2016. A partir dos critérios de inclusão e exclusão, foram selecionados 11 artigos. Resultados: o contexto social e racial em que os indivíduos com DF estão inseridos propicia condições socioeconômicas e educacionais desfavoráveis; aliados a esses problemas surgem as complicações da doença como a úlcera de perna que influencia negativamente na vida desses pacientes e geram limitações físicas e laborais. Conclusão: esta revisão forneceu um panorama de como o contexto social impacta na vida desses pacientes, assim, julga-se necessário um delineamento de ações e iniciativas de políticas públicas de saúde com recorte racial no intuito de promover saúde e assegurar a equidade, um dos princípios do Sistema Único de Saúde.


Palavras-chave


Enfermagem; Doença Falciforme; Úlcera de perna

Texto completo:

Port Eng


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v7i0.1470

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175