Percepção das mães de crianças com câncer sobre o cuidado humanizado da enfermagem

Rachel da Silva Santos, Isabela Mie Takeshita, Claudirene Milagres Araujo, Alessandra Silva Lima Jardim, Genilton Rodrigues Cunha

Resumo


Objetivo: Conhecer a percepção das mães de crianças em tratamento oncológico sobre o cuidado humanizado da enfermagem. Método: Estudo qualitativo, exploratório e descritivo, realizado com 16 mães de crianças em tratamento oncológico em uma casa de apoio filantrópica. Foi utilizada a entrevista semiestruturada para coleta das informações e foi empregada a análise de discurso, a partir dos depoimentos das participantes. Resultados: Os resultados trazem uma discrepância em relação à assistência de enfermagem: algumas mães se sentiram completamente acolhidas e apoiadas e, em contrapartida, outras se sentiram desamparadas e desrespeitadas. Conclusão: As mães percebem o cuidado humanizado da enfermagem no acolhimento integral da criança e família para além da doença; a enfermagem contribui na reflexão e reestruturação das ações do cuidado, elevando a qualidade da assistência.

Palavras-chave


Humanização da assistência; Cuidado da criança; Cuidados de enfermagem; Enfermagem oncológica.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v9i0.2883

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175