Dor torácica: atuação do enfermeiro em um pronto atendimento de um hospital escola

Cristiano Caveião, Renata Bassos dos Santos, Juliana Helena Montezeli, Angelita Visentin, Christiane Brey, Vanessa Bertoglio Comasseto Antunes de Oliveira

Resumo


Doenças coronarianas necessitam de uma atenção especial tanto para a orientação do paciente, como para oconhecimento profissional, isso porque atinge uma quantidade significativa de pessoas. Dentre os sintomas o desconfortotorácico é o principal e necessita avaliação criteriosa. A partir desse contexto observa-se a necessidade do conhecimentodo Enfermeiro sobre a dor torácica e sua atuação frente a esse sintoma. Este estudo teve por objetivo identificar aatuação do enfermeiro frente ao paciente com dor torácica em uma unidade de pronto atendimento. Trata-se de umestudo do tipo exploratório, com uma abordagem descritiva e quantitativa, que ocorreu em outubro de 2012, através deuma entrevista semiestruturada com nove enfermeiros. Resultados: o atendimento ao paciente com dor torácica é vistocomo de prioridade imediata, 5 caracterizam como principal sintoma precordialgia e irradiação para a mandíbula, 8solicitam eletrocardiograma e 6 fazem a monitorização cardíaca. Conclui-se que há necessidade da aplicação de umprotocolo ou rotina para padronização do atendimento de forma a embasar a atuação do enfermeiro.

Palavras-chave


Enfermagem; Dor no peito; Infarto do miocárdio; Doenças cardiovasculares

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v0i0.427

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175