Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Política Editorial

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais do Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial da Universidade Federal de São João del Rei (LAPIP/UFSJ) é um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado semestralmente, desde 2006. Acolhe temas relacionados a processos psicossociais e socioeducativos, com o objetivo de difundir e debater avanços e inovações nessa área, destinando-se a especialistas, pesquisadores e estudantes de graduação e pós-graduação. As contribuições destinadas à publicação são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es) e deverão ser encaminhadas mediante submissão eletrônica, pelo endereço: http://www.seer.ufsj.edu.br/index.php/revista_ppp/information/authors

Copyright

A Revista PPP solicita que os autores concedam a propriedade dos direitos autorais de seu artigo ou outro material editado, postulado ou publicado por ela em qualquer forma de distribuição, incluindo a publicação através de meios eletrônicos e outras formas de tecnologia.

Os trabalhos aceitos para publicação resultam em propriedade da PPP. É vedada a utilização dos materiais publicados com finalidade comercial. 

Licença Creative Commons
A revista PPP está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Reprodução parcial de outras publicações

Os trabalhos que incluírem partes de textos extraídos de outras publicações devem obedecer aos limites que asseguram a originalidade do artigo. Recomenda-se evitar a reprodução de figuras, tabelas, ilustrações e materiais semelhantes. No caso do trabalho citar uma ou mais figuras, tabelas ou ilustrações, deve vir acompanhado da autorização escrita do autor e editor. Direitos de copyright não serão transferidos.

Trabalhos publicados em periódicos estrangeiros podem ser enviados, visando à publicação, desde que acompanhados de autorização escrita e assinada pelo editor do periódico onde o trabalho foi publicado, escaneada e enviada por meio eletrônico ao e-mail da PPP.

Trabalhos que envolvem seres humanos

Trabalhos teóricos e/ou de pesquisa, que envolvam seres humanos, estão condicionados aos princípios éticos do Código de Ética do Psicólogo, da Declaração de Helsinki (1964, última revisão em 2000), à legislação específica do país onde a pesquisa foi realizada e à Convenção Internacional dos Direitos Humanos.

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais aceitará contribuições nas seguintes categorias

1.      Artigos: incluem relatos de pesquisa,  relatos de experiências profissionais,   ensaios teóricos e  revisões críticas de literatura. Limitados a 25 páginas, incluindo páginas de rosto, resumos, referências, tabelas e figuras.

2.      Traduções: traduções de trabalhos, acompanhadas do consentimento escrito dos autores e editores (se se tratar de trabalho já publicado). Limitadas a 25 páginas.

3.      Resenhas: revisão crítica de trabalhos recentemente publicados. Limitadas a 3 páginas.

4.      Entrevistas: entrevistas sobre assuntos relevantes com pessoas relevantes para a psicologia social. Limitadas a 15 páginas.

5.      Notícias: notícias sobre fatos e eventos relacionados à psicologia social. Limitadas a 1 (uma) página.

6.      Cartas: comentários e respostas a trabalhos publicados. Limitadas a 3 páginas.

7.  Comunicação: comunicado relevante sobre questões teóricas, metodológicas e/ou técnicas. Limitada a 5 páginas.

8.  Debate e fórum: sequência de 2 ou 3 artigos, de autores diferentes, focalizando uma questão, explorando seus aspectos compreensivos e/ou controversos. Limitados a 25 páginas (no total dos artigos).

 

Políticas de Seção

Relato de Pesquisa

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relato de Experiências Profissionais

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Ensaio Teórico

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Revisão Crítica de Literatura

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Traduções

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Comunicação

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Debate e Fórum

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Editorial

Não verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Tributo

Não verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Sumário

Editores
  • Thales Fonseca
  • Cláudio Souza
Não verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Psicologia Comunitária

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os textos encaminhados para avaliação, sem identificação de autoria, serão apreciados por pelo menos dois Consultores Externos ad hoc, escolhidos pela Comissão Editorial, que determinarão de forma anônima, em esquema de blind review: a) Se o artigo será publicado sem alterações; b) Se o artigo será publicado após modificações; c) Se o artigo será recusado; d)Em caso de controvérsia será encaminhado a um terceiro parecerista.

Os autores poderão acompanhar o processo editorial, via internet, mediante acesso ao Sistema de Editoração Eletrônico de Revistas.

A decisão final sobre a publicação de um artigo cabe ao Conselho Editorial que apreciará a versão reformulada, podendo solicitar outras modificações.

Os autores são responsáveis pelo conteúdo total e revisão técnica de seus artigos, embora o Conselho Editorial possa efetuar pequenas alterações no texto para adequá-lo às normas técnicas de publicação ou corrigir eventuais erros gramaticais.

Após a publicação do último número de cada ano, são publicados, no endereço eletrônico da revista, os nomes dos pareceristas que realizaram a seleção dos artigos daquele ano, sem especificar quais artigos analisaram.

 

Periodicidade

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais do Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e do Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ), é um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006.

 

Política de Acesso Livre

Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, de acesso aberto na internet, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ), Minas Gerais.

Licença Creative Commons
A revista PPP está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Arquivamento

Esta Revista utiliza o Sistema LOCKSS para assegurar arquivamento seguro e permanente do cache da revista. LOCKSS é um software livre desenvolvido pela Biblioteca da Universidade de Stanford, que permite preservar revistas online escolhidas ao sondar os websites das mesmas por conteúdo recém publicado e arquivando-o.

 

Indexadores

  • LATINDEX (Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal)
  • LILACS (Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde)
  • PSICODOC (Colegio Oficial de Psicologos/Universidad Complutense de Madrid)
  • PePSIC (Portal de Periódicos Eletrônicos em Psicologia - USP)
  • INDEXPSI (CFP/PUCCAMP)
  • CAPES (Portal de Periódicos da CAPES)

 

Conselho Editorial

Alípio Sánchez Vidal (Universidade de Barcelona, Espanha)
Ana Maria Jacó Vilela (UERJ, Brasil)
André Lévy (Universidade Paris XIII, França)
Andréa Vieira Zanella (UFSC, Brasil)
Antonio da Costa Ciampa (PUC-SP, Brasil)
Benedito Medrado-Dantas (UFPE, Brasil)
Carlos Henrique de Souza Gerken (UFSJ, Brasil)
Cleci Maraschin (UFRGS, Brasil)
Cornelis Johannes van Stralen (UFMG)
Elizabeth de Melo Bomfim (UFMG, Brasil)
Enrique Saforcada (Universidad de Belgrano, Argentina)
Francisco Tirado (Universitat Autònoma de Barcelona, Espanha)
Heliana de Barros Conde Rodrigues (UERJ, Brasil)
Kety Valéria Simões Franciscatti (UFSJ, Brasil)
Jefferson de Souza Bernardes (UFAL, Brasil)
João da Silva Amado (Universidade de Coimbra, Portugal)
João Leite Ferreira Neto (PUC Minas, Brasil)
Jorge Castellar Sarriera (UFRGS, Brasil)
Marcos Vieira Silva (UFSJ, Brasil)
Maria do Carmo Guedes (PUC-SP, Brasil)
Maria de Fátima Quintal de Freitas (UFPR, Brasil)
Maria Lúcia Miranda Afonso (Centro Universitário UNA, Brasil)
Marília Novais da Mata Machado (UFSJ, Brasil)
Marina Massimi (USP – Ribeirão Preto)
Maritza Montero (Universidad Central de Venezuela, Venezuela)
Miguel Mahfoud (UFMG)
Miquel Domènech (Universitat Autònoma de Barcelona, Espanha)
Mitsuko Aparecida Makino Antunes (PUC-SP, Brasil)
Regina Helena de Freitas Campos (UFMG, Brasil)
Ronald João Jacques Arendt (UERJ, Brasil)
Ruth Bernardes de Sant`Ana (UFSJ, Brasil)
Sônia M. Gomes Souza (UCG-Goiás)
Valéria Heloísa Kemp (UFSJ, Brasil)
Vinciane Despret (Universidade de Liège, Bélgica)