Ciência no feminino: do que é feita a nossa escrita?

Marília Silveira, Josselem Conti

Resumo


A partir de nossas experiências de pesquisa e construção coletiva, narramos a colocação do problema do feminino na ciência, de modo a questionar que lugar é esse que desejamos afirmar. Ao mesmo tempo, deixamos os rastros das conexões que tecemos e nos fizeram pensar. Este artigo é registro desse processo de pesquisar, pensar e escrever e do modo como nos atravessam as questões do feminino e quais possibilidades se constituem para nós a partir dela. Afirmar uma ciência no feminino é um risco que vamos assumir neste artigo.

Palavras-chave: PesquisarCOM, feminino na ciência, metodologia de pesquisa, políticas de escrita.


Texto completo:

PDF


A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br