Homicídios conjugais na grande Florianópolis: notícias publicadas no diário catarinense

Lucienne Martins-Borges, Júlia de Freitas Girardi, Mariá Boeira Lodetti

Resumo


O homicídio conjugal é entendido como uma passagem ao ato que ocorre dentro de uma relação conjugal, na qual os parceiros podem estar juntos ou separados. A presente pesquisa visou realizar um mapeamento dos casos de homicídios conjugais cometidos na Grande Florianópolis, de 2000 a 2010, a fim de identificar as principais variáveis envolvidas nesses homicídios. Para tanto, utilizou-se as reportagens jornalísticas publicadas no jornal de maior circulação na região: Diário Catarinense. Realizou-se uma coleta no banco de dados no arquivo do jornal, a qual totalizou 34 casos de homicídio conjugal. Concluiu-se que há uma predominância de homicídios conjugais nas seguintes situações: cometidos por homens, em casais com relatos de violência conjugal e em casais cuja separação e o ciúme apresentam significativo impacto.

Palavras-chave: homicídio conjugal; crime passional. violência conjugal; pesquisa documental.


Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado semestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br