A formação profissional para o trabalho na área de álcool e outras drogas: reflexões a partir do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde

Pedro Henrique Antunes da Costa, Fernando Santana de Paiva

Resumo


O presente artigovisa analisar o papel do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde) na formação de profissionais de saúde referente à atuação com a temática das drogas. Trata-se de uma revisão de literatura composta por quatorze trabalhos que preencheram os critérios de inclusão. Sete eram relatos de experiências e sete pesquisas empíricas. De acordo com o material analisado, o PET-Saúde emerge como importante estratégia para uma formação ampliada e crítica, bem como para o fortalecimento dos serviços e rede de atenção. Além disso, o programa apresenta diversas formas de atuação e inserção na rede, possibilitando diálogo entre diferentes saberes, experiências, ações e serviços. Contudo, é necessário que, juntamente com a implementação do PET-Saúde, sejam realizadas outras modificações na formação em saúde, de modo que tenhamos clareza do seu papel e dos desafios concretos na constituição de políticas públicas na área.

Palavras-chave: Educação em saúde; Formação de recursos humanos; Capacitação em serviço; Capacitação de recursos humanos em saúde; Atenção à saúde.


Texto completo:

PDF


A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br