“Escuta no pátio”: cuidado e vínculo como práticas de redução de danos

Isabela Saraiva de Queiroz, Ôni Márcia Jardim, Mariana Gonçalves de Deus Alves

Resumo


O artigo trata de uma proposta de prática de estágio supervisionado na área da Psicologia realizada em um CAPS ad, denominada “Escuta no pátio”. Para fundamentá-la, apresenta o paradigma proibicionista e sua influência na constituição das intervenções direcionadas às pessoas que usam drogas, fundamentadas prioritariamente no discurso jurídico-moral e nos dispositivos de criminalização e medicalização, e discute o paradigma da redução de danos e as possibilidades de construção de intervenções singulares e cidadãs, que inspiram a proposta de estágio em questão. A metodologia de “Escuta no pátio”, orientada pelos pressupostos da atenção integral à saúde e da clínica ampliada, é apresentada como dispositivo de cuidado, que oferece uma escuta qualificada por meio de conversas individuais e coletivas não agendadas, demandadas espontaneamente pelos usuários. Conclui-se que o uso de tecnologias relacionais no cuidado em saúde tende a potencializar o exercício do acolhimento e do vínculo, o que amplia a eficácia das ações, ao favorecer a participação do usuário e seu engajamento na elaboração de estratégias de cuidado e preservação.

Palavras-chave: Uso de drogas; redução de danos; cuidado em saúde; tecnologias relacionais.


Texto completo:

PDF


A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br