Música: formando tribos, constituindo identidades sociais

Robson Matos, Rosemberg Cavalcanti Belem

Resumo


Neste trabalho investigou-se em que medida a construção da identidade social está relacionada à escolha de um determinado seguimento musical por jovens de uma tribo. Com esse objetivo, buscou-se ainda refletir sobre outras questões a esta relacionada, a saber: como se dá o processo de integração a uma determinada tribo por esses jovens? Como eles, por meio de seu grupo, constroem representações dos demais grupos, do seu próprio grupo e de si mesmo? De que forma se dá as práticas sociais desses indivíduos – tanto ingroup, quanto outgroup? Para atender tais objetivos, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com diferentes sujeitos de algumas tribos musicais, que posteriormente foram analisadas qualitativamente por meio de categorias de análise temáticas baseadas na Teoria da Identidade Social de Tajfel e que mostraram como a música pode funcionar como compositora de tribos urbanas e consequentemente de identidades sociais.


Palavras-chave


Identidades Sociais; Psicologia Social

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br