Uma discussão a respeito da dislexia – o sujeito na sua relação com a escrita

Nirvana Ferraz Santos Sampaio, Tauana Nunes Paixão, Silvana Perottino

Resumo


Este artigo trata de uma discussão a respeito da dislexia e da disgrafia diagnosticada em crianças em fase de aquisição de linguagem, sendo que a disgrafia está presente neste estudo por se tratar do diagnóstico recebido pelo irmão da criança cujos dados de linguagem estão sob análise. Para tanto, três áreas de conhecimento serão abordadas: a Fonoaudiologia, a Psicanálise e a Linguística (Neurolinguística Discursiva e Aquisição da Linguagem), a fim de se saber o que cada uma diz a respeito dessa temática. Apresentamos dados de escrita de uma criança com diagnóstico de dislexia e de uma criança com diagnóstico de disgrafia. Esses dados nos levaram a questionar a noção de distúrbio, de dislexia e de disgrafia.

 


Palavras-chave


Aquisição da Escrita; Dislexia; Disgrafia

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br