Influências de exercícios físicos no cotidiano dos idosos e sua percepção quanto ao seu bem-estar pessoal

Priscila Dias da Silva, Jacqueline Pereira, Maria Lecir Lopes, Tatyane Lott Magalhães Coelho, Larissa Medeiros Marinho dos Santos

Resumo


Este artigo é parte de uma pesquisa multidisciplinar que envolveu profissionais da saúde, como Psicólogos e Educadores Físicos, cujo objetivo é identificar o impacto de um programa de promoção da saúde física e psicológica na autonomia e no bem-estar dos participantes. A partir de uma perspectiva sistêmica de desenvolvimento humano, o foco foi as atividades desenvolvidas com idosos na sala adaptada de exercícios físicos a fim de identificar a influência desse contexto no seu cotidiano e percepção de bem-estar. Foram acompanhados, por meio de observação participante, três grupos de idosos submetidos à prática de exercício físico durante um ano e meio. As observações e os relatos dos participantes permitiram identificar aspectos ligados aos princípios de otimização seletiva com compensação (SOC), fatores de risco e proteção, dentre outros. Os resultados apontam para a necessidade da promoção de políticas públicas de saúde elaboradas para promover oportunidades de desenvolvimento para idosos.


Palavras-chave


Envelhecimento. Exercícios. Bem-estar. Saúde da pessoa idosa.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br