Super-heróis na fase pré-capa/pré-máscara: inspiração para intervenções psicoeducacionais positivas

Gelson Vanderlei Weschenfelder, Maria Angela Mattar Yunes, Chris Fradkin

Resumo


Enredos com super-heróis das histórias em quadrinhos são geralmente focados no poder, força, coragem e resiliência, temas inspiradores para áreas das Ciências Sociais. A fase intitulada pré-capa/pré-máscara da vida dos super-heróis é tema cuja literatura científica é escassa. Entretanto, estudos recentes indicam que a maioria dos personagens fictícios viveu situações de risco antes da fase de superempoderamento e reforçam o potencial da fase pré-capa como ferramenta em intervenções psicoeducacionais positivas. O foco deste artigo foi investigar intervenções que utilizam super-heróis em suas concepções. Para tanto, foi realizado um mapeamento exploratório de ações nacionais e internacionais, sendo selecionadas para análise apenas as divulgadas em website ou fanpage. Resultados indicaram que a maioria das intervenções (70%) é da área da saúde e ocorre eventual ou esporadicamente. A totalidade usa o super-herói em fase de pós-empoderamento. Conclui-se que os recursos do estágio pré-capa/pré-máscara são subutilizados tanto por profissionais de ambientes clínicos como pedagógicos.


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br