Conhecer e intervir: as relações equipe-família no CPP de Nova Lima

Roberta Carvalho Romagnoli

Resumo


Este texto apresenta uma pesquisa-intervenção, financiada pela Fapemig, que problematizou as relações equipe-família, evidenciando o que dificulta a participação da família no tratamento dos usuários do Centro Psicopedagógico Renato de Avelar (CPP) de Nova Lima. A esquizoanálise apresenta-se como teoria e a cartografia como ferramenta metodológica deste estudo. Foram usados para a coleta de dados/intervenção: assembleias gerais; assembleias parciais; entrevistas com os profissionais e com os familiares; observação dos projetos; supervisão e grupo de estudos com a equipe que atende à famílias. Todo o processo buscou a construção de outra relação com a família. Os resultados evidenciam a complexidade dessa relação, ressaltando a falta de formação profissional para se trabalhar com famílias e a dificuldade do trabalho em rede.

Palavras-chave


pesquisa-intervenção; processos de subjetivação; família; esquizoanálise

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br