Associação para o trabalho de usuários em Saúde Mental segundo a avaliação dos seus funcionários: funcionamento, sobrecarga/satisfação, promoção de cidadania

Renata Fabiana Pegoraro, Cristina Vianna Moreira dos Santos, Ivellisy Cristina Silva de Carvalho

Resumo


Atualmente os serviços em saúde mental buscam a inclusão social dos usuários através do trabalho. Diante dessa proposta, os objetivos desta pesquisa foram caracterizar o funcionamento de uma Associação de Trabalho voltada para usuários de serviços de saúde mental, identificando a satisfação e a sobrecarga gerada nos profissionais, bem como identificar as concepções dos trabalhadores sobre o processo de construção de cidadania dos usuários. Participaram desse estudo os 10 funcionários da Associação localizada no Estado de Goiás. Foram realizadas entrevistas e aplicadas duas escalas, uma sobre a sobrecarga no trabalho e outra sobre a satisfação com o trabalho. Foi possível identificar que a Associação se encontra organizada nos princípios da Reforma Psiquiátrica e que os funcionários se encontram satisfeitos com o trabalho desenvolvido e com baixa sobrecarga. Há, ainda, entre os trabalhadores, um entendimento em relação aos benefícios proporcionados pela associação no que tange à construção da cidadania.

Palavras-chave


Associação de trabalho; inclusão social; saúde mental.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br