Estratégias de Intervenção em Psicologia Escolar a Partir de uma Perspectiva Psicossocial: Relato de Experiência

Sara Rodrigues Lopes, Marivete Gesser, Leandro Castro Oltramari

Resumo


Atualmente, a psicologia tem ampliado as formas de produção de conhecimento e atuação profissional em psicologia escolar. Estas vêm se modificando de um campo biomédico para uma perspectiva psicossocial. Ancorado nessa última perspectiva, o objetivo do presente artigo é descrever as intervenções realizadas em um estágio obrigatório, realizado em uma escola municipal de Florianópolis/SC. Tais intervenções se deram em dois eixos: a) construção, junto com uma professora, de estratégias voltadas à potencialização do processo de ensino-aprendizagem; b) realização de entrevistas reflexivas focadas nas práticas de formação de professores e no âmbito da relação professor-aluno. Como resultados, no que se refere ao primeiro eixo, observou-se que a docente conseguiu criar estratégias criativas de ensino voltadas à realidade histórico-cultural dos alunos. Já em relação às entrevistas reflexivas, estas contribuíram para a ressignificação de aspectos da prática profissional dos professores abrangidos e a identificação de necessidades de atuação em psicologia na escola.


Palavras-chave


psicologia escolar; relação professor-aluno; ensino-aprendizagem; entrevistas reflexivas.

Texto completo:

RESUMO PDF




A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br