Articulando redes, fortalecendo comunidades: intervenção psicossocial e articulação entre universidade, comunidades e políticas públicas¹

Betânia Diniz Gonçalves, Marcia Mansur Saadallah, Isabela Saraiva de Queiroz

Resumo


O projeto Articulando redes, fortalecendo comunidades é financiado pela FAPEMIG e pela Pró-Reitoria de Extensão da PUC Minas, com apoio do CNPq, e objetiva desenvolver ações por meio de metodologias  participativas que contribuam para o fortalecimento e articulação de redes comunitárias e equipamentos políticos em três comunidades de Belo Horizonte: Lajedo, São Gabriel e Vila Cemig. Pequenas iniciativas de organização comunitária já existiam nas comunidades e, a partir de diferentes demandas direcionadas à Universidade, inicia-se uma parceria que, após alguns ajustes e processos, se organiza neste projeto. São desenvolvidas atividades locais em cada comunidade, utilizando-se de intervenções psicossociais, além de estratégias audiovisuais e multimídias. Ações conjuntas também são desenvolvidas entre as três comunidades que, dentre outros ganhos, permitem a construção de saber coletivo entre comunidades e universidade, discussão de casos similares existentes nas várias comunidades, busca conjunta de soluções e encaminhamento de questões e melhor aproveitamento de instrumentos de capacitação coletiva.


Palavras-chave


Intervenção em rede; Participação comunitária; Construção coletiva de saber.

Texto completo:

RESUMO PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br