Violência entre parceiros íntimos e uso de álcool: estudo qualitativo com mulheres da cidade de Juiz de Fora-MG

Thársia Girardi Carpanez, Lélio Moura Lourenço, Fernanda Monteiro de Castro Bhona

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar a relação entre o consumo de álcool e a ocorrência de violência entre parceiros íntimos através do ponto de vista das mulheres vítimas de violência. Foi usada a técnica de análise temática de conteúdo proposta por Bardin, aplicada nos relatos de 15 mulheres que declararam vitimização pelo parceiro através do preenchimento de uma escala padronizada para avaliar essas condutas (CTS2- Revised Conflict Tactics Scales). Essa amostra é proveniente de um levantamento domiciliar probabilístico e os relatos foram colhidos através de entrevistas semiestruturadas. Os resultados destacam o discurso, por parte das mulheres, de culpabilização da bebida além da influência do álcool para modificações nos aspectos comportamentais e psicológicos do agressor. É interessante ressaltar que a maioria das mulheres apesar de acreditarem na interferência do álcool nos episódios de violência não relatou consumo do companheiro, ou seja, nos episódios de violência os companheiros não estavam alcoolizados.

Palavras-chave: violência entre parceiros íntimos; consumo de álcool; mulheres


Palavras-chave


Violência entre parceiros íntimos; Consumo de álcool; mulheres.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br