Trajetórias Sociais: processo de intervenção com jovens em cumprimento de medidas socioeducativas

Liandra Savanhago, Camila Trindade, Tielly Rosado Maders

Resumo


Com o objetivo de possibilitar um espaço de escuta e reflexão sobre as trajetórias de vida de jovens em cumprimento de medida socioeducativa em meio aberto, este trabalho apresenta uma experiência de intervenção desenvolvida por meio da proposta da construção das Trajetórias Sociais. Trata-se de uma experiência desenvolvida ao longo de um estágio em Psicologia, em um Centro de Referências Especializado em Assistência Social–CREAS. O mesmo foi desenvolvido com dois jovens em cumprimento de medida socioeducativa, por meio de atendimentos psicossociais. A proposta de construção das Trajetórias Sociais, configurou-se enquanto uma ferramenta de complementação aos respectivos atendimentos. A construção das mesmas possibilitou compreender os vínculos entre a história pessoal, familiar e social dos sujeitos, bem como compreender as múltiplas determinações que permeiam as ações humanas. Em relação aos jovens, identificou-se que as Trajetórias Sociais proporcionaram uma experiência de reflexão sobre as suas trajetórias de vida.


Palavras-chave


Medida socioeducativa; Trajetórias Sociais; Estratégia de intervenção; Psicologia Social.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br