Repercussões psicológicas da gestação em curso em mulheres com histórico de perda

Tayná Beatriz Evangelista de Sousa, Ana Carolina Araújo de Almeida Lins

Resumo


Este estudo objetivou analisar as repercussões psicológicas da gestação em curso em mulheres com histórico de perda gestacional. A pesquisa ocorreu em um Hospital Materno-Infantil da Região Norte do Brasil. Participaram cinco mulheres, com gravidez em curso e histórico de uma perda. Foi utilizado um Roteiro de Entrevista Semiestruturado, elaborado especificamente para este estudo. As entrevistas foram gravadas e transcritas para análise. Emergiram nas falas transcritas eixos temáticos: Maternidade e seus significados, Sentimentos diante da perda gestacional e da gravidez subsequente e O apoio familiar e a vivência da maternidade. Foram relatados sentimentos positivos e negativos relacionados à nova gravidez. A maternidade apareceu atrelada a um complexo processo de aprendizagem. O histórico de perda gestacional se mostrou relevante para a compreensão dos sentimentos vivenciados na gestação atual. 


Palavras-chave


Gestação; perda gestacional; maternidade; apoio familiar.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br