O processo de individuação dos estudantes universitários como manejo do comportamento suicida

Raphael Vaz, Wagner de Menezes Vaz

Resumo


O presente artigo tem como objetivo articular a potência do conceito junguiano de individuação com o manejo do comportamento suicida do estudante universitário. Apresenta a universidade em seus desafios e possibilidades, e a contextualização do estudante em seus aspectos existenciais dentro deste cenário. Mostra os conceitos de persona e sombra e sua conexão com o processo de individuação. Propõe a construção de dispositivos de acolhimento visando a prevenção e a posvenção do comportamento suicida. Descreve os fatores de risco e de proteção que balizam as estratégias de intervenção. Elucida a desliteralização do suicídio como estratégia de leitura endógena da alma. Conclui que o processo de individuação do estudante universitário é um potente aliado na compreensão, superação e prevenção do comportamento suicida.

Palavras-chave


Jung; Psicologia Analítica; Estudante Universitário; Comportamento Suicida; Individuação

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br