Aproximações entre a Psicologia Analítica e a Transdisciplinaridade: as pontes de afinidades

Victor de Freitas Henriques

Resumo


O presente artigo tem por objetivo abordar as relações entre a Psicologia Analítica de C.G. Jung e a transdisciplinaridade, a partir da noção de pontes de afinidades. Trata-se de trabalho teórico que analisa a prática desenvolvida pelo médico suíço, de busca pelas afinidades entre sintomas em quadros psicopatológicos de difícil compreensão. Para tanto, uma revisão de literatura com base nas Obras Completas de C. G. Jung foi feita na qual recuperamos o modo como Jung utilizara as noções de Arquétipo, instinto e Amplificação e pudemos perceber traços do que pode ser considerada uma atitude transdisciplinar quando observadas pelo viés das diretrizes traçadas na Carta da Transdiciplinaridade


Palavras-chave


Psicologia Analítica; transdisciplinaridade; conceitos

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br