A Psicologia no âmbito da Assistência Social: relato de experiência

Pedro Henrique Lima Ximenes, Maria Suely Alves Costa

Resumo


O presente trabalho estrutura-se como discussão teórico-prática de estágio em Psicologia no campo da política de Assistência Social, especificamente nos Centros de Referência da Assistência Social – Cras e Creas, tendo como objetivo refletir sobre a presença da Psicologia no campo da Assistência Social por meio da prática no serviço público. A inserção no campo se baseou nas observações dos atendimentos realizados e nas visitas domiciliares. Verificaram-se alguns desafios, destacando-se o enfrentamento direto das violências, traduzido pelo acompanhamento às vítimas, e as dificuldades inerentes ao serviço público. Como conclusões, possibilitou a aproximação do estudante com o trabalho em Psicologia no âmbito da Assistência Social por meio da vivência das rotinas. No mais, percebeu-se um campo rico em experiências, ainda pouco explorado na literatura, e no qual a Psicologia se faz necessária e tem muito a contribuir desde sua perspectiva.


Palavras-chave


Prática; Psicologia; Assistência Social; Políticas Públicas.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br