“UMA LUZ QUE VINHA DA RUA”: novos apontamentos de pesquisa para a História das Sensibilidades – práticas de exclusão de mulheres, imaginário religioso e loucura

Nádia Maria Weber Santos

Resumo


 O artigo discorre sobre alguns aspectos da História da Psiquiatria em nosso meio (Rio Grande do Sul), a partir de dados colhidos em fontes hospitalares (prontuários médicos do Hospital Psiquiátrico São Pedro de Porto Alegre e outras), discutindo os parâmetros de loucura e suas sensibilidades a partir de casos de algumas mulheres internadas e seu imaginário religioso. As vertentes teóricas de análise são aquelas relativas à História das Sensibilidades (História Cultural) e à Psicologia Analítica de C. G. Jung. Palavras-chave: Sensibilidades, imaginário religioso, exclusão, mulheres, loucura. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.