v. 4, n. 2 (2015)

Revista Tempos Gerais

Dossiê História da Saúde Mental no Brasil é a tentativa de pesquisadores de contribuir para e discutir sobre as concepções e práticas, bem como as trajetórias das reformas que marcaram a psiquiatria brasileira em diversos momentos. Dá voz àqueles que foram silenciados e excluídos socialmente, uma vez que pobres, mendigos, andarilhos, desempregados, imigrantes, prostitutas, como desagregados sociais, eram tratados como não cidadãos. Ao adentrarem no espaço citadino, em nome da prevenção e da ordem social, coube à psiquiatria clássica os segregarem por considerá-los agentes de periculosidade e, portanto, necessitando de ser medicalizados em asilos ou nos hospitalicêntricos, a maioria deles por décadas, outros até a morte. Os artigos pretendem mostrar a trajetória de algumas reformas, reconhecer as tensões, os conflitos e as divergências entre os diferentes atores – médicos, psiquiatras, psicólogos, assistentes sociais e usuários – para que os processos de desospitalização e desinstitucionalização se fizessem presentes por meio dos avanços conquistados pela Reforma Psiquiátrica e também pelo Movimento da Luta Antimanicomial que reivindica uma assistência psicossocial feita sem manicômios. Assim, a Tempos Gerais: revista de ciências sociais e história, uma publicação do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de São João del-Rei (DECIS-UFSJ) e da Pós-Graduação em História da UFSJ, com o lançamento deste número, pretende oferecer aos leitores a possibilidade de uma interlocução com outros saberes e campos científicos. Considera-se que o processo de Reforma Psiquiátrica passa por uma fase crucial, em um momento em que o País assiste a um retrocesso na Luta Antimanicomial, em que os usuários, familiares, profissionais em saúde, organismos internacionais e a própria universidade reconhecem – por meio de documentos enviados ao Ministério da Saúde – que, com a desinstitucionalização, esta Reforma possibilitou a inclusão social de pessoas, de cidadãos em sofrimento mental grave. 

Sumário

Artigos

Aline Moreira Gonçalves, Maria Stella Brandão Goulart
PDF
Fábio Walace de Souza Dias
PDF
Francisco Paes Barreto
PDF
Helder Rodrigues Pereira
PDF
Marília Novais da Mata Machado, Maristela Nascimento Duarte, Rodolfo Luís Leite Batista, Vívian Andrade Araújo Coelho
PDF
Nádia Maria Weber Santos
PDF
Joana Angélica Macedo Oliveira, Heliana de Barros Conde Rodrigues
PDF
Ana Maria Jacó-Vilela, Filipe Degani-Carneiro
PDF
Uassyr de Siqueira
PDF