Considerações sobre Ópera do malandro: caminhos da censura e Linguagem

Roger Ferreira Xavier, Suely da Fonseca Quintana

Resumo


O presente artigo é parte integrante do projeto de iniciação científica (PIBIC-UFSJ) intitulado “O texto e a música na dramaturgia brasileira como forma de resistência { ditadura militar de 1964”, sob orientação da Profa. Dra. Suely da Fonseca Quintana. Nosso recorte da pesquisa fundamenta-se em estudos historiográficos de Cristina Costa e Luiz Fernando Ramos sobre a Censura e o Teatro Brasileiro, bem como os recursos literários ligados à crítica descritos por Affonso Romano de Sant’Anna e a noção de ironia como uma relação discursiva entre o dito e o implícito - conforme reflexões de Linda Hutcheon. Para tanto, o musical Ópera do Malandro, obra de Chico Buarque de Holanda, escrito e encenado em 1978, será nosso objeto de análise em consonância com a recente mise-en-scène do diretor João Falcão, no Rio de Janeiro, em 2014.

Palavras-chave


Ópera do Malandro. Censura. Linguagem.

Texto completo:

PDF