O treinamento Suzuki e o trabalho de ator (corporeidade, expressividade e fisicalidade em cena): uma experiência pessoal

Gabriel José Carneiro

Resumo


Este trabalho é resultado das experiências criativas vivenciadas no Núcleo A Poética do Invisível (Napi) desenvolvido na Universidade Federal de São João del-Rei com alunos de graduação do curso de Teatro,orientado pela professora Juliana Monteiro entre julho de 2013 e dezembro de 2014. A partir das vivências, serão relacionados conceitos defendidos por Lúcia Romano em “O Teatro do Corpo Manifesto: Teatro Físico”; e comentados de acordo com a comunicação oral que realizei durante a I Semana Acadêmica do Curso de Teatro em 2014. O objetivo do texto é relatar experiências do ponto de vista de um aluno que participou das atividades do grupo e pôde experimentar a criação teatral sob a perspectiva da linguagem corporal e os possíveis estímulos que a provocaram e que, para mim, enriqueceram a bagagem artística dos envolvidos.

Palavras-chave


Treinamento Suzuki. Dramaturgia corporal. Trabalho de ator.

Texto completo:

PDF