O tratamento do autismo: notas introdutórias

Angela Vorcaro

Resumo


Procura-se tratar das distinções entre as dimensões simbólica, imaginária e real na estruturação da realidade psíquica, de modo que possamos considerar a lógica das relações do sujeito com o objeto e com seus semelhantes. Desta forma, problematizamos as modalidades em que esta lógica comparece nos ditos autistas.  Para tal, nos servimos das obras de Freud e Lacan, para situar o sujeito autista no campo da linguagem, procurando compreender sua relação com a alteridade, seja esta a imaginária ou simbólica. Propomos, como conclusão, alguns apontamentos introdutórios sobre a clínica psicanalítica do autismo.


Texto completo:

PDF