A clínica do autismo em instituição

Jeanne Marie de Leers Costa Ribeiro

Resumo


A questão abordada é a de como fazer para que uma instituição possa dobrar-se à singularidade do caso a caso e acompanhar a invenção de cada criança autista para estabelecer laços com o outro.  Para responder tal questão, investiga-se as relações entre autismo e instituição na história da psicanalise e em sua teoria. E seguida, relata-se a experiência como participante da equipe que fundou o primeiro serviço público na área da saúde mental para tratamento de crianças autistas e psicóticas no Brasil, o Núcleo de Assistência a Criança Autista e Psicótica (NAICAP), assim como também a experiência como supervisora do trabalho do Ateliê Espaço Terapêutico, no Rio de Janeiro.


Texto completo:

PDF