REFLEXÕES SOBRE O PAPEL DO PAI NA ANOREXIA NERVOSA

Vanessa Sajnaj Ferreira, Caroline Guzzoni, Nei Ricardo de Souza

Resumo


A anorexia é um transtorno alimentar em que há uma alta restrição alimentar, ocasionando a intensa perda de peso e outros prejuízos físicos, psicológicos e sociais, podendo inclusive levar à morte. Relatos da clínica psicanalítica apontam, no mecanismo de recusa, característico da anorexia, para aspectos além da questão alimentar e imagem corporal, deparando-se o analista, frequentemente, com vínculos e linguagem primitivos do sujeito anoréxico, os quais remetem aos primórdios da vida e da alimentação. Grande parte da literatura psicanalítica se ocupa da mãe em relação a esses vínculos, sendo ela destacada como alguém que mantém uma relação fusional com a filha, diante da qual o pai é excluído. Partindo da visão de Freud e Lacan, o presente trabalho investiga o papel do pai na anorexia, sendo abordada sua relação com o sujeito anoréxico a partir de dados e informações encontrados na literatura psicanalítica sobre o tema. 


Palavras-chave


Anorexia. Pai. Psicanálise.

Texto completo:

PDF