PSICANÁLISE E LITERATURA – O TEXTO COMO SINTOMA

Regina Beatriz Silva Simões

Resumo


O artigo pretende desenvolver, com base na teoria de Freud e no ensino de Lacan, as articulações possíveis entre a Psicanálise e a Literatura, contemplando a vida e a obra de Clarice Lispector. Apostamos na escrita, vinda do real, marcando a singularidade que se prioriza na teoria e na clínica psicanalítica.


Palavras-chave


Psicanálise. Literatura. Escrita. Real. Sintoma.

Texto completo:

PDF