Passagem ao ato e acting out: função e sentido da distinção

Fernando Roberto Ruthes, Rosane Zétola Lustoza

Resumo


O presente artigo tem como objetivo apresentar alguns elementos a respeito dos atos na psicanálise, atos falhos, acting out, passagem ao ato, e discutir a possível confusão envolvendo os conceitos de acting out e passagem ao ato, confusão induzida em parte pela amplitude do conceito freudiano de agieren. Lacan avança em relação a delimitação do conceito agieren traduzido como acting out e a diferenciação do conceito de passagem ao ato. Sendo o acting out referenciado a mostração, uma demanda do sujeito ao Outro e a passagem ao ato uma busca da separação do sujeito, o rompimento com o Outro.  Essa delimitação lacaniana permite verificar o caráter transformador que o ato possui, presente no acting out, na passagem ao ato e também no ato falho.


Palavras-chave


Agieren, Acting Out, Kakon, Passagem ao Ato.

Texto completo:

PDF