Individualismo contemporâneo e novos arranjos subjetivos na perspectiva da Psicanálise

Angela Bucciano do Rosário

Resumo


O presente estudo busca a compreensão dos efeitos subjetivos das alterações sociais e culturais viabilizadas pelo individualismo contemporâneo, manifestas nas diversas formas de desrespeito entre as pessoas. A teoria psicanalítica é utilizada como eixo condutor no diálogo com autores da Filosofia e da Sociologia interessados pela questão da alteridade. A partir das ideias contidas nos conceitos de liberdade e autonomia, realiza-se um breve percurso do individualismo como afirmação do indivíduo como princípio e valor e infere-se que o correlato subjetivo ao individualismo atual é a estrutura psíquica do narcisismo que oculta o originário e irredutível desamparo. Os efeitos desse fenômeno se mostram na fragilidade dos laços sociais e no esvanecimento da dimensão alteritária. Por fim, busca-se uma intervenção que considere a importância da castração e o enlaçamento com o outro como alteridade.


Palavras-chave


Psicanálise. Individualismo. Narcisismo. Desamparo. Alteridade.

Texto completo:

PDF