Precária ontologia: a subjetividade entre Psicanálise e dialética

Pedro Sobrino Laureano, Jô Gondar

Resumo


Procuramos desenvolver, neste artigo, algumas teses comuns à Psicanálise e à dialética, principalmente à respeito da centralidade que ambas conferem à categoria de contradição. Dessa forma, nos utilizamos de interpretações recentes de Hegel, que afirmam que, para o filósofo alemão, não se trata de resolver a contradição em uma nova identidade, mas sim de afirmá-la como causa mesma do processo dialético. Nesse sentido, observamos relações possíveis entre conceitos freudianos fundamentais, como os de inconsciente e ambivalência, e alguns marcos da Filosofia de Hegel.


Palavras-chave


Ontologia. Dialética. Psicanálise. Subjetividade.

Texto completo:

PDF