Neurose e psicose na CID-10 e DSM-IV: o que é ignorado?

Marina Silveira de Resende, Roberto Calazans

Resumo


O objetivo deste artigo é demonstrar como a pretensa abolição do diagnóstico diferencial neurose e psicose na CID-10 e no DSM-IV-TR tem por objetivo de tirar de cena não somente o debate etiológico, mas também a teoria psicanalítica. Para tal, iremos nos dedicar a uma análise da CID-10 e do DSM-IV-TR a partir do debate etiológico e histórico em torno dos conceitos de neurose e psicose. Com isso, terminamos por demonstrar a predileção desses manuais pelo termo transtorno e como ele tem por objetivo calar toda manifestação do mal-estar do sujeito.

Palavras-chave


Psicanálise, Neurose, Psicose, CID-10, DSM-IV-TR.

Texto completo:

PDF