Uso do SIG na identificação de áreas aptas para expansão urbana de Rio Paranaíba/MG

Reynaldo Furtado Faria Filho, Rosiane Maria Lima Gonçalves

Resumo


A forma de uso e a ocupação do solo têm sido alteradas rapidamente desde a implantação do Campus da Universidade Federal de Viçosa, em 2007, na cidade de Rio Paranaíba/MG. Assim, os objetivos deste trabalho foram: identificar os locais com potencial para expansão da área urbana da cidade de Rio Paranaíba/MG por meio de Sistema de Informação Geográfica (SIG), segundo critérios legais do ponto de vista jurídico e ambiental; e comparar os resultados obtidos a partir de modelos digitais de elevação SRTM e os modelos gerados a partir de curvas de nível do IBGE e do GoogleEarth. Utilizou-se o ArcGIS 9 para a geração dos mapas com as possíveis áreas de expansão urbana, as Leis 6.766, de dezembro de 1979 e 12.651, de 25 de Maio de 2012. A base de dados utilizada foi obtida por meio da Prefeitura Municipal de Rio Paranaíba, IBGE, INPE e IEF. As feições empregadas no trabalho foram convertidas para o sistema de coordenadas UTM e Datum Sirgas2000. Após realizar a álgebra dos mapas de declividade do terreno e faixas non Aedificanti verificou-se que as possíveis áreas de expansão são a sudeste e sudoeste do centro da cidade de Rio Paranaíba, margeando a MG 230 no sentido do Campus Universidade Federal de Viçosa e BR 354. Os mapas gerados a partir das três informações altimétricas (SRTM, IBGE e GoogleEarth) apresentaram resultados com a mesma tendência de locais possíveis para a expansão urbana da cidade.


Palavras-chave


expansão urbana; SIG; MDE

Texto completo:

PDF