Aproximações e distinções entre os autismos e as psicoses em crianças: condições da alienação à linguagem

Vanessa Gama Pozzato, Angela Maria Resende Vorcaro

Resumo


Este artigo se propõe a melhor compreender essa diversidade clínica por vezes nomeada como psicose e noutras vezes como autismo, pontuando algumas aproximações e distinções existentes entre os dois quadros. Para isso, nos valeremos da noção lacaniana de alienação, que se refere a uma operação constitutiva do sujeito, e veremos como diversos psicanalistas teorizam sobre essas psicopatologias a partir desse referencial. Concluiremos reafirmando a importância de distinguir os autismos das psicoses para a direção do tratamento.


Palavras-chave


psicanálise; psicoses; autismos; alienação; tratamento.

Texto completo:

PDF