Memória e identidade no contexto de uma cartografia cultural: notas para discussão

Thiago Luiz Calandro, João Pedro Pezzato

Resumo


Em um mundo globalizado faz-se cada vez mais necessário estudar as identidades regionais e locais no intuito de promover sua valorização e formar cidadãos atuantes em todas as escalas espaciais. Assim, é proposto discutir os referenciais teóricos de trabalhos com memória, identidade e representação cartográfica. A memória é tratada como uma dimensão que constrói identidades culturais, instância de produção de sentido, a respeito dos espaços de vivência. As relações entre ensino formal, em especial, o currículo selecionado pela geografia escolar, e os saberes da experiência vivida podem contribuir para o estudo das referências e horizontes espaciais dos moradores das regiões urbanas e rurais. Essa perspectiva é proposta como discussão que visa contribuir para o avanço das reflexões a respeito da relação entre da cartografia escolar e a produção de sentido de pertencimento a diferentes localidades.


Palavras-chave


Identidade, Memória, Cartografia Escolar.

Texto completo:

PDF