“A gente vai cavando, cavando e cavando até chegar ao tesouro!”: Cartografia com crianças pequenas

Thiago Bogossian

Resumo


A Cartografia para crianças e escolares é uma das áreas na ciência geográfica que tem constantemente refletido sobre suas ações no campo da produção de material e de metodologias de ensino. Colóquios têm sido organizados, revistas e artigos têm sido publicados, e até alguns livros já refletem sobre trabalhos nessa área. Entretanto, a maior parte dos estudos enfoca a Cartografia nas séries iniciais ou finais do Ensino Fundamental, ou até mesmo no Ensino Médio. Há pouca produção a respeito de Cartografia na Educação Infantil. Assim, o presente trabalho tem como objetivo apresentar algumas aproximações no campo da cartografia com crianças pequenas. Nossa pesquisa está ancorada nos princípios da teoria histórico-cultural de Vigotski e seus colaboradores, que está sendo em grande parte revista devido às novas traduções feitas diretamente da língua russa. No nosso trabalho, desenvolvemos uma pesquisa etnográfica com as crianças de 4 a 6 anos da Creche-UFF. Além da observação dos seus cotidianos, o trabalhou envolveu a produção de alguns mapas e desenhos da creche. Dentre os principais aspectos que a pesquisa nos revelou, destacamos: a forte presença da fala durante as produções, influenciando inclusive os desenhos das outras crianças; a compreensão do espaço como totalidade; e o mapa infantil como representação dinâmica do espaço. Com este trabalho, pretendemos nos aproximar da compreensão da vivência espacial das crianças e da construção de suas territorialidades, bem como desconstruir alguns lugarescomuns a respeito das noções da espacialidade infantil.

Palavras-chave


Cartografia com crianças; Geografia da Infância

Texto completo:

PDF