O Construtivismo na filosofia de John Rawls

Lucas Mateus Dalsotto

Resumo


Resumo: John Rawls edifica a teoria da justiça como equidade fundamentalmente para lidar com o problema do pluralismo e para estabelecer princípios normativos que poderiam razoavelmente regular sociedades democrático-liberais. Para tanto, Rawls faz uso de um procedimento de justificação que é construtivista, isto é, um procedimento de construção em que agentes racionais e razoáveis, sob determinadas condições formais (véu de ignorância) e substanciais (bens primários) e fazendo uso da razão prática, estabelecem um acordo a respeito de princípios normativos que regulem a estrutura básica da sociedade. Por fim, falar-se-á a respeito das semelhanças e diferenças entre os modelos construtivista de Kant e Rawls.

Palavras-chave: Rawls; Construtivismo; Justificação; Kant; Justiça


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.