Alterações de humor na trama psicopatológica do DSM-V

Elizabeth Fátima Teodoro, Alexandre Simões Ribeiro, Gesianni Amaral Gonçalves

Resumo


Este texto tem o objetivo de realizar uma análise crítica sobre as alterações concernentes à classe dos Transtornos de humor do DSM-IV para o DSM-V. Na busca de alcançar esse objetivo, realizamos um estudo qualitativo e comparativo utilizando, principalmente, as duas últimas versões do DSM e artigos referentes ao assunto. Nesse sentido, desenvolvemos esta investigação em três partes, as quais evidenciam os pontos nevrálgicos das alterações de humor no DSM-IV e DSM-V, buscando destacar as principais modificações oriundas dessa transição. A primeira delas aborda os transtornos bipolares e sua ascensão no cenário psicopatológico contemporâneo. Em seguida, rastreamos o percurso psicopatológico do luto. Por fim, delineamos as faces da tensão pré-menstrual na história da humanidade. Com este percurso, visamos demarcar algumas variáveis significativas envolvidas na propensão contemporânea em classificar o sofrimento psíquico a partir de uma lógica nitidamente taxonômica e, consequentemente, sujeita à medicalização. 

 


Palavras-chave


luto; medicalização; transtorno bipolar; tensão pré-menstrual.

Texto completo:

PDF