Avaliação do pré-natal de risco habitual realizado por enfermeiras obstetras de uma casa de parto

Betânia Maria Fernandes, Angélica Mônica Andrade, Luiz Claudio Ribeiro

Resumo


Trata-se de uma pesquisa de natureza quantitativa, descritiva com análise documental sobre o pré-natal realizado por enfermeiras obstetras de uma Casa de Parto em seu último ano de pleno funcionamento. Tem como objetivo avaliar e caracterizar a assistência às gestantes no pré-natal de risco habitual realizado no período de 01 de janeiro a 31 de dezembro de 2006. Inclui uma investigação de dados contidos em prontuários da instituição comparados com os parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Saúde do Brasil e com resultados descritos na literatura. Entre os resultados, o número médio de consultas de pré-natal foi 7,76 por gestante, 89,6% das gestantes tiveram seis ou mais atendimentos e 82,8% iniciaram antes da 16ª semana. Conclui-se que a assistência foi adequada e de qualidade a partir dos parâmetros estabelecidos pelo Programa de Humanização do Pré-natal e Nascimento do Ministério da Saúde.

DESCRITORES: Enfermagem, avaliação; cuidado pré-natal; cuidados de enfermagem.

                                                                                                 


Palavras-chave


Enfermagem, avaliação; cuidado pré-natal; cuidados de enfermagem.

Texto completo:

DOC PDF


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v0i0.12

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175