Fluxo informacional do Sistema de Informação da Atenção Básica

Ricardo Bezerra Cavalcante, Marta Macedo Kerr Pinheiro, Mariana Ferreira Vaz Gontijo Bernardes, Simone Graziele Silva Cunha, Camila Silveira Santos

Resumo


Estudo descritivo, exploratório, de abordagem qualitativa. Objetivou analisar o fluxo informacional do SIAB a partir de unidades de saúde da família até os níveis centrais (Secretaria Municipal e Estadual de Saúde; Ministério da Saúde). Foram realizadas entrevistas semiestrturadas com profissionais, gestores e técnicos nos níveis municipal, estadual e federal do Sistema Único de Saúde. Para a realização das entrevistas foi seguido o fluxo informacional do SIAB. Utilizou-se a Análise de Conteúdo como método de organização e análise dos dados. Verificou-se que o fluxo informacional do SIAB possui um forte caráter unidirecional tendendo a alimentar as demandas informacionais do nível federal. O fluxo é regido pela necessidade de comprovar o alcance dos indicadores pelas equipes de saúde da família. Alguns atores se destacam neste fluxo, tais como o Agente Comunitário de Saúde e o Enfermeiro e empenham-se em garantir o repasse de dados aos níveis centrais. Desta forma, conclui-se que o SIAB ainda possui um fluxo informacional influenciado pelo repasse de verbas, centralizado no nível federal, e com forte marcos burocráticos.

Palavras-chave


Sistema de informação; Saúde da Família; Informação em Saúde

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v0i0.161

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175