A assistência em saúde mental na estratégia saúde da família: uma revisão de literatura

Marcelle Aparecida de Barros Junqueira, Sandra Cristina Pillon

Resumo


Com a reorganização das práticas assistências em saúde mental norteadas pelos princípios do Movimento da Reforma Psiquiatria Brasileira, o Programa Saúde da Família (PSF) torna-se um contexto importante para a efetivação dessas novas práticas, assim, torna-se indispensável conhecer como essa assistência está acontecendo no cotidiano dos profissionais da equipe do PSF. O objetivo desse estudo é descrever a produção cientifica acerca da assistência em saúde mental no contexto da Estratégia Saúde da Família. A metodologia usada foi exploratória, de revisão bibliográfica. Para essa revisão de literatura foi utilizada uma busca on line, por meio das bases de dados LILACS, BDENF e Scielo com os descritores: assistência em saúde mental e Programa Saúde da Família; e também, os descritores saúde mental e saúde da família. Os resultados mostraram 15 trabalhos que atendiam os critérios de inclusão e que os mesmos apresentavam quatro eixos temáticos: a concepção de transtorno mental, as práticas assistências, dificuldades e barreiras para assistência e possibilidades de atuação e motivação para mudança. O modelo biomédico mostrou-se predominante nas concepções e práticas assistenciais, bem como a forte necessidade de capacitação e educação permanente na área de saúde mental.

Descritores: Assistência em saúde mental, Programa Saúde da Família, Conhecimentos, atitudes e práticas em saúde.


Texto completo:

Doc PDF


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v0i0.28

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175