Avaliação da atenção primária: comparativo entre o desempenho global e as ações de hanseníase

Nayara Figueiredo Vieira, Francisco Carlos Félix Lana, Rayssa Nogueira Rodrigues, Eyleen Nabyla Alvarenga Niitsuma, Fernanda Moura Lanza

Resumo


Objetivo: comparar a presença e extensão dos atributos da atenção primária no geral e no desempenho da hanseníase. Métodos:
estudo transversal e avaliativo, realizado em um município de Minas Gerais, com 28 profissionais da Estratégia Saúde da Família,
sendo composto por médicos e enfermeiros. Para a coleta de dados foram aplicados o Primary Care Assessment Tool e o
Instrumento de Avaliação de Desempenho da Atenção Primária nas Ações de Controle da Hanseníase. Utilizou-se os testes
estatísticos Wilcoxon e t de Student com significância p<0,05. Resultados: A atenção primária, no global, apresentou alta
orientação no escore geral e derivado. Nas ações de hanseníase, apenas o escore essencial alcançou alta orientação. Encontrou-se
diferença significativa no escore essencial, atributos acesso e integralidade dos serviços disponíveis, e no escore derivado, atributo
orientação comunitária. Conclusão: o desempenho da atenção primária no geral é melhor, o que demonstra fragilidades na
integração das ações de controle da hanseníase e necessidade de fortalecimento das estratégias de enfrentamento da endemia no
que concerne à Estratégia de Saúde da Família.

Palavras-chave


Pesquisa sobre Serviços de Saúde; Atenção Primária à Saúde; Hanseníase; Enfermagem.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v9i0.2896

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175