Avaliação da qualidade de vida no trabalho de docentes universitários

Açucena Leal de Araújo, Érica de Moura Fé, Dinah Alencar de Melo Araújo, Ellaine Santana de Oliveira, Ionara Holanda de Moura, Ana Roberta Vilarouca da Silva

Resumo


Objetivo: Analisar a qualidade de vida no trabalho de docentes de uma universidade pública. Métodos: Trata-se de um estudo de caráter descritivo e transversal, de abordagem quantitativa. Realizado com n=102 docentes de uma instituição de ensino superior pública, localizada no Centro-Sul piauiense. Fez-se uso do instrumento criado por Walton, validado e adaptado à realidade do trabalho docente. Esse instrumento compreende oito dimensões referentes à qualidade de vida no trabalho, mensurando o nível de satisfação laboral com questões do tipo Likert. Os dados foram organizados por meio do software Excel 8.0 e processados no programa estatístico IBM Statistical Package for the Social Sciences. Resultados: Foi observado que, das oito dimensões analisadas referentes à qualidade de vida no trabalho, três (Compensação Justa e Adequada; Oportunidade de Crescimento e Segurança; e Trabalho e Espaço Total de Vida) apresentaram-se com escores de insatisfação por parte dos docentes; enquanto, nas demais, observaram-se escores de indiferença. Conclusão: Espera-se que os resultados levantados neste estudo contribuam para a reflexão, além de nortear ações que visem à manutenção, prevenção e promoção de aspectos pertinentes à qualidade de vida no trabalho docente, colaborando com a promoção de políticas institucionais que valorizem a qualidade do trabalho desses profissionais.

Palavras-chave


Qualidade de Vida; Trabalho; Docentes; Universidades; Saúde do Trabalhador.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v9i0.3195

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175